Você está em:

A UNISA / Institucional/Notícias
Notícias

Mutirão da Paternidade Responsável atende mais de 2000 pessoas no Campus II

Organizado pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP), o Mutirão da Paternidade Responsável atendeu cerca de 2300 pessoas residentes na região de Santo Amaro interessadas em reconhecer ou regularizar a paternidade. O evento ocorreu na tarde deste sábado (19), no Campus II – Metrô Adolfo Pinheiro da Universidade Santo Amaro.

Segundo pesquisa do TJSP, foram identificadas cerca de 15 mil crianças e jovens na região sem o nome do pai na certidão de nascimento. Com realização da Vara da Infância e da Juventude de Santo Amaro, a iniciativa ofereceu atendimento gratuito para diversas hipóteses, como reconhecimento espontâneo do pai, agendamento de exames de DNA, atendimento pela Defensoria Pública, adoção unilateral pelo pai de criação, entre outras.

De acordo com dados do TJSP, grande parte do público esteve no mutirão para o reconhecimento espontâneo, sem a necessidade de exame de DNA, com 252 certidões expedidas. Porém, a maioria solicitou a realização do teste: 436 casos foram agendados para coleta do material genético no próximo mês. Além disso, a adoção unilateral, quando o atual companheiro deseja reconhecer o filho de sua parceira, teve 144 casos registrados.

O evento contou com as participações de magistrados e servidores do Tribunal de Justiça de São Paulo, promotores de Justiça, defensores públicos e cartórios de Registro Civil da Região Sul da Capital, além do apoio de instituições da área.  Participaram da abertura o presidente do TJSP, desembargador Paulo Dimas de Bellis Mascaretti; a juíza titular da Vara da Infância e da Juventude de Santo Amaro, Maria Silvia Gomes Sterman; o vice-coordenador da Infância e Juventude do TJSP, desembargador Reinaldo Cintra Torres de Carvalho; o juiz assessor da Corregedoria Geral da Justiça, Gabriel Pires Sormani; os juízes da Vara da Infância de Santo Amaro, Sirley Claus Prado Tonello e Raphael Augusto Cunha; e o promotor Lélio Ferraz de Siqueira Neto.  

O mutirão teve grande destaque na imprensa, com cobertura de importantes veículos de comunicação, como o UOL, a Rede Globo e a Rede Bandeirantes.

Universidade Santo Amaro: 21/08/2017 13:51
Compratilhar:
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin