Você está em:

A UNISA / Unisa Portas Abertas /  Justificativa
Justificativa

A principal justificativa do Projeto Universidade Portas Abertas está pautada nos desafios do sistema escolar atual da rede pública brasileira, que diz respeito à implementação de uma política educacional que garanta o direito de todos ao ensino médio de qualidade. Percebe-se que, os conteúdos que são vistos nos espaços escolares não têm sido objeto de entusiasmo para as crianças por não fazerem elo com a realidade do aluno.

São inquestionáveis os resultados desastrosos revelados pelos exames padronizados (SAEB, Enem, Prova Brasil) quanto à aprendizagem dos alunos, na etapa final da educação básica, apesar da expressiva expansão das matrículas nas últimas décadas.

O Enem 2017 teve 6,7 milhões de inscritos confirmados, sendo que 4,7 milhões eram participantes isentos, ou seja, concluintes do Ensino Médio na rede pública, representando um percentual de 70% dos inscritos.  Desses inscritos isentos 35% não compareceram para realização das provas, demonstrando que a educação não tem sido mais um fator relevante na vida dos alunos.

 A escola de Ensino Médio produziu uma inclusão excludente, pois, não assegurou o direito efetivo à educação, apesar da conquista do acesso à escola. O acesso dos jovens a uma escola de qualidade continua sendo uma questão a ser resolvida. Numa sociedade do conhecimento, com graus de complexidade crescente, a preparação de todos os cidadãos para a vida e o mercado de trabalho requer o domínio de competências e habilidades de leitura, escrita, capacidade de resolver problemas e de entender o mundo que os cerca. Habilidades que, apenas uma minoria de jovens brasileiros obtém ao chegar à idade adulta.

Este projeto da Unisa vincula uma das suas ações de extensão à comunidade escolar, especialmente para estudantes do Ensino Médio, etapa conclusiva da Educação Básica tem na vida dos indivíduos. É nesta circunstância que decisões são tomadas, pois, na adolescência normalmente busca-se o direcionamento para o futuro profissional, que implica o desafio de superar incertezas, dúvidas e inseguranças.

A ação da Universidade e o compromisso com a Educação Básica propõe-se a oferecer aos estudantes do Ensino Médio das escolas brasileiras, melhores condições para otimizar o aproveitamento de seus estudos, ampliando as perspectivas de continuidade, profissionalização e, consequentemente, as condições de vida e sociais supracitadas.

As Universidades, Centros Universitários e Faculdades, em geral, apresentam espaços de horários e de infraestrutura com grande ociosidade, além de contarem com um quadro efetivo de professores em tempo integral (40h semanais). Portanto, é absolutamente viável estabelecer metas que contemplem a responsabilidade social das mantenedoras.