Você está em:

CURSOS / Graduação / Presencial / Ciências Humanas e Sociais /  Serviço Social
Serviço Social

Coordenador(a) : Prof. Me. Emanuel Jones Xavier Freitas

Com quase 40 anos de excelência, a graduação em Serviço Social da UNISA é reconhecida como um dos cursos mais tradicionais da área em São Paulo. O corpo docente qualificado e infraestrutura completa, com laboratórios, biblioteca e atividades de campo, são os diferenciais responsáveis por formar assistentes sociais altamente capacitados para o mercado de trabalho.
Tendo como principal objetivo formar profissionais comprometidos com a realidade brasileira no tocante à justiça e o combate à desigualdade social no país, o curso possui um projeto pedagógico consolidado que promove uma compreensão ampla da estrutura social brasileira. 
A sua proposta viabiliza aos alunos o conhecimento necessário para serem capazes de intervir crítica e eficazmente na realidade do país, pois promove uma formação alinhada com as discussões do ponto de vista das políticas públicas nas mais diversas áreas, atribuindo significativo diferencial à carreira, na medida em que fomenta estratégias didáticas inovadoras.

Aprendizado prático:
O curso possui diversas atividades para correlacionar teoria e prática. Entre os diferenciais estão as ações realizadas por meio do Núcleo de Práticas Jurídicas (NPJ) da UNISA. Neste espaço, ocorre a avaliação socioeconômica de todas as solicitações de atendimento apresentadas a este serviço. Realiza-se, de igual forma, atendimentos sociais nas mais diversas situações de privação ou violação de direitos sociais, orientações quanto aos benefícios sociais e intervenções em diferentes tipos de intercorrências por meio de equipe formada por professores e alunos do curso de Serviço Social.
A universidade também possui laboratórios planejados para potencializar a interdisciplinaridade, além de eventos institucionais e comemorativos nos quais os próprios alunos podem participar de sua organização, o que impacta positivamente na sua vivência universitária. Alguns exemplos são: jornada de estágios, semana de estudos, projetos e cursos de extensão e visitas monitoradas. 

Mercado de trabalho
A demanda por assistentes sociais tem crescido no Brasil, principalmente em virtude da terceirização de parte dos serviços sociais e de saúde do governo para ONGs, sobretudo em cidades grandes. As principais áreas de atuação são: assistência a pacientes e familiares em unidades básicas de saúde, ambulatórios especializados e hospitais, previdência social, trabalho técnico social em políticas de habitação, apoio educacional em escolas e creches, assistência a crianças e adolescentes em varas de justiça e em conselhos de direitos, elaboração e coordenação de projetos em organizações sociais de diversas áreas, gestão de políticas e programas sociais em órgãos de governo, promoção de qualidade de vida, segurança do trabalho e gestão de recursos humanos em empresas públicas e privadas.