Deficiência Intelectual

Coordenador(a) : Profa. Ma. Ana Cecilia Oñativia

O Curso de Especialização em Deficiência Intelectual, em consonância com a deliberação CEE, no 112/2012, que estabelece normas para a formação de professores em nível de especialização, para o trabalho com alunos com necessidades especiais no Sistema de Ensino Estadual, propõe a oferecer o nível de especialização visando o trabalho docente de inclusão de alunos com deficiência intelectual na rede regular de ensino. Leva-se em consideração que a adequada inclusão do aluno com deficiência intelectual exige mudanças importantes nos elementos curriculares, não apenas no acesso ao currículo, e que efetivar essas mudanças implica uma aprofundada formação do educador e da equipe educativa como um todo.

O curso se ajusta na íntegra à deliberação CEE número 112/2012, tendo sido aprovado pelo parecer Nº 554/2017. Portanto, respeita à carga horária exigida pela mencionada deliberação para as disciplinas de formação básica, bem como de formação específica em deficiência intelectual, além do estágio supervisionado. Possui uma metodologia de ensino contemporânea, dinâmica e interativa, que estimula a construção do conhecimento, por meio de diversos recursos, como vídeos, aulas práticas, estudo de casos, metodologias ativas e muito mais. Os professores são profissionais com formação e experiência dentro do âmbito da deficiência intelectual. O curso reúne teoria à prática, instrumentalizando para atuar na inclusão escolar.


Objetivos:
Propiciar ao aluno um conhecimento aprofundado sobre os fundamentos da Educação Especial, bem como ter conhecimento das legislações vigentes no Brasil em relação à inclusão escolar do aluno com necessidades educativas especiais. Capacitar os docentes aos processos de desenvolvimento de intervenções pedagógicas voltadas para o aluno com deficiência intelectual, a partir do estudo do desenvolvimento humano e da deficiência intelectual.

Público-alvo:
Graduados em Pedagogia ou curso normal superior que pretendam atuar na educação infantil, ou séries iniciais do ensino fundamental com alunos com deficiência intelectual, ou licenciados com habilitação para atuar nas séries finais do ensino fundamental ou do ensino médio, que pretendam atuar em trabalhos educativos com alunos com necessidades especiais subsidiados por uma especialização na área da deficiência intelectual.