Enfermagem Forense

Coordenador(a) : Prof. Dr. Marcelo Chanes

Com o advento do terrorismo, do aumento dos abusos e intolerâncias e da violência, surge no cenário da saúde um perfil de paciente, antes raro e hoje comum, que é o sobrevivente de situações de violência. No entanto, as técnicas de abordagem e os tempos para os procedimentos são muito ímpares para este perfil de paciente e exigem saberes como perícia, direito e assistência ao sobrevivente e agressor de modo a garantir a preservação de provas e o emocional confortável.

Objetivo:
Formar um enfermeiro preparado para situações que envolvam sobreviventes e agressores provenientes de situações de abuso, ódio, intolerância ou catástrofes.

Público-alvo:
Curso destinado a profissionais de enfermagem.